terça-feira, 15 de março de 2011

1º DIA DE AULA

Ontem foi meu primeiro dia de aula na faculdade. Finalmente chegou o tão sonhado dia...
Eu sabia que ficaria mais perdida que uma formiga quando perde seu rastro - só não imaginava que seria tanto.
Na entrada, momento de observar... Vi que todos os alunos encostavam cartões amarelos na catraca, para poder entrar. Rezei para não ter esquecido meu cartão provisório em casa...
Achei que estava no estojo. Errei. Estava na carteira.
"PLIM!" - acesso permitido.
Segui o fluxo... Atravessei o refeitório, entrei no prédio. Comecei a subir as escadas.
Nenhuma identificação nas portas, além dos números.
Pensei comigo: "Cacete! E agora? Não tem ninguém pra informar os novos alunos!"
Desci as escadas. Procurei por alguma lista ou identificação no pátio. Nada.
Recorri a moça que fazia publicidade dos financiamentos universitários. Disse que estava perdida, era meu primeiro dia de aula... E ela respondeu: "Olha, eu acho que tem algumas listas lá na entrada, mas eu cuido dos financiamentos. Você já conhece? Vou anotar seu e-mail e mandar tudo explicadinho...". Nisso, já eram 19:20h. A aula começava às 19:10h.
Ela acabou me expremendo como uma laranja: pediu meu nome, RG, CPF, data de nascimento...
Bom, pelo menos deu tempo de secar o suor do rosto.
Terminado o interrogatório, voltei à entrada para procurar as tais listas. ENCONTREI!
1º semestre de Artes Visuais, bloco B, 3º andar, sala 314.
Jóia. E onde era bloco A ou bloco B? Xinguei de novo.
Para meu azar, entrei no bloco A.
Fui obrigada a pedir informação. Escolhi uma mocinha de feição amena, trajada em social... Achei que ela estudasse administração ou direito. Seria menor a possibilidade de rir da novata perdida.
Com tristeza, ouvi ela dizer: "Ah, você vai ter que descer tudo de novo... O bloco B é depois do refeitório".
Fazer o quê. Desci tudo de novo. Suava horrores e estava ridicularmente atrasada.
Mas finalmente entrei no bloco certo e achei a sala. Quase vazia, para minha felicidade.
Deus me livre de chegar atrasada no primeiro dia de aula, numa sala lotada de estranhos...

Enfim, tomei meu lugar (o último, na extremidade esquerda).
Adorei a sensação de voltar ao "fundão". E me senti ainda melhor quando percebi que estava dando um grande passo na minha vida.
Acho que 2011 será um ano divisor de águas em minha vida. Sinto que muitas coisas vão acontecer. Será difícil, cansativo... Mas sou Gisele, né? Vou enfrente e vencerei, com certeza!