CURSOS E OFICINAS



NEW!
VISITE O BLOG DO ESTÚDIO SILVA: www.oficinademanga.blogspot.com.br

*****************************************************************************

Se existe uma forma de mostrar aos jovens uma opção de vida saudável, longe das drogas e da marginalidade; com certeza esse caminho é o da arte. 
A arte tem o poder de alegrar o coração de quem aprecia 
e elevar a alma de quem faz.
Acreditando nesse poder terapêutico da arte, fundei o ESTÚDIO SILVA; 
para oferecer atividades de arte-educação com qualidade, acessibilidade e multidisciplinariedade! 

O catálogo de serviços 2013 do ESTÚDIO SILVA está disponível para leitura online! Conheça agora os tipos de oficinas, cursos e serviços culturais que o Estúdio tem para oferecer, clicando no link abaixo:  


Garantir a sobrevivência do mangá significa preservar um gênero artístico que contribuiu na formação do caráter de milhões de pessoas, que viveram sua infância ou adolescência na década de 90; quando não havia a enxurrada de informação que existe hoje em dia. Significa também assegurar que as gerações futuras tenham acesso à arte que ajudou o Japão a se reerguer no pós-guerra; quando o povo não tinha recursos para se divertir e aplicava cada gota de suor para reconstruir a pátria devastada pela bomba atômica.
Oficina de Mangá, no ANIMAEMBU 2011 (Embu das Artes / SP)

Curso de Produção de Mangás, realizado no CCJ Ruth Cardoso (SP)

GOSTOU? ENTÃO, SOLICITE MAIS INFORMAÇÕES E/OU ORÇAMENTOS ATRAVÉS DO E-MAIL contatoestudiosilva@gmail.com  


Sobre Gisele Silva
Mangaká, formada em Gestão Cultural e estudante de Artes Visuais

Aos 10 anos, Gisele Silva já demonstrava sua inclinação para as artes plásticas, quando venceu um concurso de desenho entre escolas municipais e ganhou bolsa de estudos para o Liceu de Artes de Embu.
Em 2008, lançou o fanzine “Lua em Áries – Os Segredos do Cavaleiro Mu". Com este trabalho, participou dos eventos AnimaEmbu, Anime Friends e Festival de Flores e Plantas de Embu. Neste mesmo ano, foi descoberta pelo Instituto JUMP e assumiu a coordenação do Espaço Mangá, promovendo oficinas gratuitas de desenho em todas as edições do Animaembu (2009, 2010 e 2011), em eventos paralelos (Embu Arena, Tomo Matsuri de Taboão da Serra, entre outros) e concursos culturais para crianças, jovens e adultos.
Gisele ilustrou a cartilha “Embu tem PreservAÇÃO”, à convite da Secretaria de Cultura de Embu, cuja tiragem de 30.000 exemplares foi distribuída para todo o Ensino Fundamental I da região. A cartilha foi relançada neste ano, com a mesma tiragem.
Em 2010, participou do 4º International Manga Awards, promovido pela embaixada de Tókyo / JP; e também ao Concurso “Ninja do Mangá” promovido pela Norma Editorial espanhola, em parceria com a Conrad.
No mesmo ano, ilustrou e diagramou o manual “Corda Marinha – Registro Teórico e Audiovisual”, projeto contemplado pelo Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo 2009.
Em 2011, participou da organização da 1ª TEIA Regional Macro-Oeste; evento que mobilizou todos os Pontos de Cultura da região macro-oeste de São Paulo e convidados de todo o Brasil.
Foi selecionada por dois anos consecutivos no edital de ocupação do Centro Cultural de Juventude Ruth Cardoso (SP), com o projeto CHIBI - Cidadania Através da Arte.
Também assinou as ilustrações do espetáculo infantil "Athletis", da cia. La Mínima, que estreou em maio/11 no Teatro Alfa (SP).
Atualmente, é membro do Instituto JUMP, organização que proporciona cultura e cidadania aos jovens embuenses através da arte oriental; ministra oficinas de mangá e cursa Artes Visuais na Universidade Anhanguera. Publicou recentemente o mangá "As Guerreiras de Surita" (www.guerreirasdesurita.com.br) e também na antologia "Corações Entrelaçados", da Andross Editora.